Como ficar rico fazendo filmes

corman

A musa B Beverly Garland em “It Conquered the World” (1956)

 

Todos os que amam o cinema deveriam ler Como Fiz 100 Filmes em Hollywood e Nunca Perdi um Tostão (Random House, 206 pgs.)

A autoria é de Roger Corman, diretor e produtor dos melhores filmes Z da história.

Corman, pra quem não sabe, além de ter “lançado” jovens atores e diretores como Jack Nicholson e Martin Scorsese, foi o responsável por um enxame de filmes com monstros nos anos 50 – em que criaturas como siris venusianos e gafanhotos de vinte metros de altura, dormindo havia séculos no fundo do mar, eram acordados por alguma explosão atômica.

O livro conta como o cineasta ficou milionário produzindo filmes com orçamentos ridículos (30 mil dólares, numa época em que um filme médio de um grande estúdio como a Columbia, não saia por menos de 1 milhão de dólares) – e, muitas vezes tendo lucros de até 1000% (!).

Uma obra a se recomendar.

Padrão